Notícias - Acomplanhe o dia-a-dia de Turra

Brasil exporta 322,1 mil toneladas de carne de frango em novembro 04.12.2018

Exportações de carne suína in natura cresceram 11,3% no período

São Paulo, 04 de dezembro de 2018 - Levantamentos da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que as exportações brasileiras de carne de frango (considerando todos os produtos, entre in naturae processados) totalizaram 322,1 mil toneladas em novembro, volume 1% inferior ao realizado no mesmo período de 2017, com 325,4 mil toneladas.

Os embarques efetivados no décimo primeiro mês deste ano geraram US$ 527,3 milhões, receita 5,5% menor que as US$ 557,7 milhões registradas no ano anterior.

No acumulado do ano (janeiro a novembro), as exportações de carne de frango atingiram 3,748 milhões de toneladas, volume 6,3% menor que as 3,999 milhões de toneladas embarcadas no mesmo período do ano passado.   Já o saldo em receita chega a US$ 5,991 bilhões, número 10,8% menor que as US$ 6,712 bilhões obtidas entre janeiro e novembro de 2017.

“Apesar de menor em relação ao mês anterior, o desempenho das exportações de novembro confirma a recuperação do setor no segundo semestre, cuja média de embarques mensais de 382,2 mil toneladas, é 4,3% superior ao registrado no ano passado”, detalha Francisco Turra, presidente da ABPA.

Carne suína in natura– As vendas de carne suína (considerando apenas produtos in natura)chegaram a 51 mil toneladas em novembro, 11,3% a mais que as 45,8 mil toneladas embarcadas no mesmo período do ano passado.  Em receita, houve retração de 14,6% no saldo do mês, com US$ 94,6 milhões no décimo primeiro mês de 2018, contra US$ 110,7 milhões no mesmo período do ano passado.

No total do ano, as exportações do setor chegam a 501,2 mil toneladas, desempenho 8,7% inferior em relação às 548,7 mil toneladas embarcadas entre janeiro e novembro de 2017.  As vendas no período geraram receita de US$ 1,020 bilhão, saldo 25,1% inferior em relação ao resultado alcançado entre janeiro e novembro do ano passado, com US$ 1,363 bilhão.

“A demanda chinesa seguiu sólida em novembro, superando em mais de três vezes o fluxo de exportação para esse mercado realizado no mesmo mês do ano passado.  Neste contexto, vemos a retomada dos embarques para a Rússia que, embora em níveis tímidos, sinalizam para uma demanda imediata pela carne suína, considerando que a reabertura dos portos russos ao produto brasileiro ocorreu no início do mês passado” analisa Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA. 

COLETIVA ABPA:A ABPA realizará em 12 de dezembro (quarta-feira), às 10h30, uma coletiva de imprensa para divulgação das projeções de produção e exportação da avicultura e da suinocultura do Brasil em 2018.

Estarão presentes o presidente da ABPA, Francisco Turra, o diretor-executivo, Ricardo Santin, o diretor técnico, Rui Eduardo Saldanha Vargas, o diretor de relações institucionais, Ariel Antônio Mendes, e o diretor financeiro, José Perboyre.

A coletiva acontecerá na sede da associação, em São Paulo (SP).   

COLETIVA ABPA

Data: 12/12, às 10h30

Local: Sede da ABPA (Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1912, 20° andar, 20L), em São Paulo/SP

Confirmações: marcelo.oliveira@abpa-br.org.

Capella Design